Fórum em Português

!!!!!NOVO!!!!! Fórum em Português onde você pode estudar a Bíblia, colocar questões e debater temas Bíblicos. http://www.bibliaaberta.comeze.com/phpBB3/
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

EXISTE UM DEUS DO MAL? - Parte 1

Em muitas religiões e crenças existe um conceito de um Deus ou Deuses do mal, sobre os quais é dito causarem, de alguma forma, tragédias, doenças e outras coisas mais. Neste artigo David Caudery examina o ensinamento da Bíblia  para ver se isto é algo em que devemos acreditar, ou não. Ele pede-nos que sejamos persuadidos pelo o que a Bíblia ensina, não pelas nossas ideias preconcebidas e superstições.

 

Mal-Entendidos

 

É a nossa convicção que a Cristandade foi influenciada pelas ideias de outras religiões e crenças e onde correm as palavras "diabo" e "Satanás", elas são mal entendidas.

 

Isto surge da generalizada impressão nas mentes de muita gente que um poder supremo é a causa de todo o mal. Mas existe um problema com esta crença.

 

Se você acredita na onipotência de Deus - que Ele é todo-poderoso - como a Bíblia claramente ensina, ver o mal como algo que é causado por outra divindade - um Deus do Mal - é, de fato, dizer que este Deus mau é mais poderoso e tem mais sucesso que o Deus que trás o bem. Esta é uma das muitas razões pelas quais rejeitamos o entendimento popular de que as palavras "diabo" e "Satanás" na Bíblia se referem a um Deus mau. Em séculos passados o ponto de vista era que Satanás era o diabo chefe e que a sua murada era nos fogos subterrâneos: pode-se ver ilustrações que mostram isto nos vitrais de igrejas bem antigas. A Bíblia não tem nada que ver com isso.

 

Um Criador Grandioso

 

Pense acerca de Deus por um momento. Todos os Cristãos acreditam que Deus é o grandioso Criador, o ser Todo-Poderoso que esta presente em todo o lado através do seu Espírito. O rei David, no Antigo Testamento, acreditava nisto também; veja só o que ele escreveu no Salmo 139:

"SENHOR, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me assento e quando me levanto; de longe penetras os meus pensamentos. Esquadrinhas o meu andar e o meu deitar e conheces todos os meus caminhos. Ainda a palavra me não chegou à língua, e tu, SENHOR, já a conheces toda.Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão.Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir. Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face?" (139:1-7).

 

Não havia nenhum lugar para onde quer que David fosse que pudesse fugir de Deus, o mesmo que o profeta Jonas anos mais tarde aprendeu da maneira mais difícil quando tentou fugir de Deus. Para onde quer que fosse, Deus estava com ele; tal é o poder de Deus. Ele está presente em todo o lado. No entanto, se você acredita que o diabo da imaginação popular é a causa do mal, tem que acreditar que este ser sobrenatural do mal tem o mesmo poder, e tantos anjos como Deus! Também tem que acreditar que estes anjos diabólicos são capazes de ler os pensamentos dos homens e colocar tentações no caminho deles e nos seus pensamentos. Isto simplesmente não é verdade. 

 

Não, então como é?

 

Quando quer que seja que eu refira isto invariavelmente é-me perguntado: "Se o diabo não é a causa de fazer-nos pecar, porque pecamos?" Qual é a causa do mal no mundo? A resposta a isto é algo que muita gente se esforça por ignorar, porque ficam incomodados, mas aqui está, como a Bíblia explica isso: o coração é a causa do pecado humano. A Bíblia declara isto bem claro; eis aqui um único exemplo:

 

"Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte" (Tiago 1:13-15).

 

Assim, você está contradizendo a Bíblia quando diz que os seus maus pensamentos e ações são induzidos pelo diabo. Você é o culpado, e eu também. Todos temos o mesmo problema, uma vez que reconheçamos que somos responsáveis pelo pecado. Não mais podemos culpar alguém ou alguma coisa. O problema é nosso, e temos que encará-lo.

 

Mais apoio

 

O Apóstolo Paulo apoia o que Tiago escreveu, por exemplo, na sua carta aos Romanos. No primeiro capítulo ele escreveu sobre como o homem se afastou de Deus e adorou imagens de homens, aves, animais e répteis, e infelizmente as pessoas ainda fazem isso no nossos dias, em alguns países. Através dos séculos fizeram isso. No Capítulo Um de Romanos, Paulo diz o que Deus fez sobre isso - Ele permitiu que eles seguissem os seus caminhos pecaminosos, por certo tempo. Ou, como o Apostolo disse:


"Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro. E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes" (Romanos 1:24-28).

 

Abandonados!

 

Paulo diz-nos que Deus entregou-os à imundícia, concupiscências de seu próprio coração, a paixões e desejos que eles tinha, e a uma disposição mental reprovável. Ela não diz que Deus entregou a humanidade ao controle do diabo. O que a Bíblia diz, vez após vez, é que quando o homem se afasta de Deus a sua mente torna-se cada vez mais maligna. Torna-se focada em ambições humanas e desejos e Deus, e os princípios piedosos, são deixados na totalidade fora do pensamento.

 

Não há necessidade de acreditar que existe um diabo que faz ele fazer isso; esse tipo de comportamento é o resultado natural de tentar viver sem Deus na vida. Claro, aqueles que tentam viver crendo em Deus, também têm tempos quando falham. Mas quanto mais acreditam em Deus e mais próximos d'Ele estão em pensamento, então as suas falhas serão cada vez menos.

 

Então, o que significam realmente as palavras "diabo" e "Satanás"? Isso é algo que veremos na última parte deste artigo.

 

David Caudery

 

(Article: Is There A God of Evil?, Glad Tidings 1482, pag. 13-15)

publicado por boasnovasreinodeus às 17:09
link do post | comentar | favorito
|

Fórum em Português

!!!!!NOVO!!!!! Fórum em Português onde você pode estudar a Bíblia, colocar questões e debater temas Bíblicos. http://www.bibliaaberta.comeze.com/phpBB3/

Contacto

Email para colocar questões ou pedir curso Bíblico grátis: curso_gratis@hotmail.com

pesquisar

 

Formspring

posts recentes

A HERANÇA DOS SANTOS É CE...

O Caminho da Vida - O que...

AS TRANSFUSÕES DE SANGUE ...

AS TRANSFUSÕES DE SANGUE ...

O Sábado na Dispensação C...

Guardar o Sábado

Lúcifer - A verdade sobre...

POSSESSÃO DEMONÍACA

O Caminho da Vida - 1 - A...

O Diabo e Satanás

"... que sinal haverá da ...

"Vós sois as minhas teste...

Êxodo

Génesis

Céu e Inferno

Refutação - Sábado - Adve...

O Verdadeiro Sábado

Os Cristadelfianos - Em q...

Os Cristadelfianos - Em q...

Os Cristadelfianos - Em q...

arquivos

Maio 2013

Novembro 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

GeoCount


contador gratis

links

subscrever feeds